O vereador carioca Gabriel Monteiro, que também é Policial Militar, continua tendo uma iniciativa que, segundo ele, visa cumprir o seu dever de fiscalização para com o serviço público nos hospitais do Rio de Janeiro. Em uma ação recente ele chegou a confrontar um coronel do Exército Brasileiro.

Em uma Unidade de Pronto Atendimento, Gabriel fez uma fiscalização onde constatou a presença de vários profissionais de saúde, como médicos, dormindo no que aparentemente deveria ser o horário de atendimento dos pacientes locais.

“Sala vermelha não tem nenhum médico. Sala amarela não tem nenhum médico. Consultório 1 não tem nenhum médico. Consultório 2 não tem nenhum médico […] O que está havendo, doutor?”, questiona Gabriel ao abordar um médico que estaria dormindo em uma sala reservada.

Um dos médicos abordados se apresentou como coronel do Exército. Ele aparece na gravação gritando com o PM, enquanto Gabriel se mantinha sereno, apenas ouvindo e fazendo questionamentos.

“Coronel me atacou, mas foi desmascarado! Hospital virou hotel”, criticou o vereador. Assista o vídeo abaixo e tire suas conclusões: