Poder de fogo: Força Aérea poderá receber mais quatro caças ‘Gripen E’ esse ano

Considerado um dos caças de combate mais modernos e eficientes do mundo, o Gripen, fabricado pela empresa sueca Saab, está aos poucos compondo a nova frota de aeronaves da Força Aérea brasileira. Segundo o vice-presidente de marketing e vendas da empresa, Mikael Franzén, o Brasil poderá receber mais quatro ainda esse ano.

“Duas aeronaves já ficaram prontas e outras duas unidades estão em fase final de produção em Linköping (Suécia)”, afirmou Franzén. O primeiro chegou ao país em 2020. Ele faz parte e um pacote composto por 36 caças ao todo, os quais deverão ser entregues nos próximos anos.

O contrato de compra dos modernos caças Gripen foi assinado em 2015 e faz parte de um plano estratégico de modernização da Força Aérea. Atualmente o Brasil está entre as 10 maiores potências militares do planeta e a tendência é que a sua posição no ranking melhore em 2022.

“Temos um simulador integral de voo em Gavião Peixoto (SP), o único fora da Suécia, e estamos apoiando a FAB na introdução das aeronaves. Um piloto de testes está aqui em Linköping agora mesmo, trabalhando com a nossa equipe, há dois pilotos de testes da FAB e outros dois da Embraer no interior de São Paulo”, ressaltou Franzén.

A declaração de Franzén foi dada durante uma entrevista para a revista Valor Econômico.