Rússia apresenta protótipo do seu novo caça de combate de 5ª geração, o “Checkmate”

MOSCOU, 20 de julho (Reuters) – O presidente Vladimir Putin inspecionou um protótipo de um novo jato de caça Sukhoi de quinta geração na terça-feira, que a Rússia revelou em seu show aéreo anual MAKS, de olho nos mercados de exportação.

O avião de guerra, que recebeu o nome de “Checkmate”, provavelmente será considerado um rival do caça stealth F-35 dos EUA, disse Oleg Panteleyev, chefe da agência analítica Aviaport.

O avião de guerra deverá voar para os céus em 2023, com um primeiro lote a ser produzido em 2026, disse Yury Slyusar, chefe da United Aircraft Corporation, a repórteres. A Rússia planeja produzir 300 aeronaves em 15 anos, assim que a produção em série começar, disse ele.

Rostec, o conglomerado aeroespacial e de defesa estatal da Rússia, disse que o avião era difícil de detectar e teria baixos custos operacionais. O chefe da Rostec, Sergei Chemezov, disse que custaria de US$ 25 milhões a US$ 30 milhões, informou a agência de notícias RIA. Moscou espera demanda das nações do Oriente Médio, região Ásia-Pacífico e América Latina, disse ele.

Rússia apresenta protótipo do seu novo caça de combate de 5ª geração, o "Checkmate"
Novo caça de combate russo poderá rivalizar com o mais avançados dos Estados Unidos, considerado o melhor do mundo. Reprodução: Google

“Nosso objetivo é tornar o custo por hora de voo o mais baixo possível, para torná-lo econômico não apenas para comprar, mas também para operar”, disse Slyusar. A Rússia produziu com sucesso protótipos de novos sistemas de armas nos últimos anos, mas às vezes tem dificuldade para passar à produção em série.

Sob Putin, ele investiu pesadamente em aeronaves militares e novos armamentos, tanto para suas próprias forças armadas quanto para aumentar as receitas de exportação das vendas de armas. Muitas de suas novas armas ainda são baseadas na tecnologia da era soviética da Guerra Fria.

A Rússia já tem jatos de combate de quarta geração – o Sukhoi Su-27 de classe pesada e Mikoyan MiG-29 de classe leve. Ela tem um jato de combate de quinta geração de classe pesada, o Su-57, mas nenhum equivalente na classe leve, disse Panteleyev.

“Os caças de combate da classe leve têm mais demanda no mundo do que os da classe pesada – eles são mais baratos e mais adequados para estados que não têm grandes territórios”, disse ele à Reuters.

Em 2011, a Rússia usou o show aéreo MAKS para revelar o caça stealth Sukhoi Su-57. A United Aircraft, que faz parte da Rostec, é dona da fabricante de aeronaves Sukhoi, que remonta à era soviética.