Diretor da Agência Brasileira de Inteligência visita a CIA, nos EUA: “Cooperação”

Alexandre Ramagem, Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência e delegado da Polícia Federal, anunciou nesta terça-feira (15) que está em visita à Central Intelligence Agency (CIA), organização semelhante à brasileira ABIN, a fim de procurar “cooperação” com os norteamericanos.

“Visita à CIA (Central Intelligence Agency). Desenvolvimento da Inteligência de Estado. Cooperação buscando conservar valores fundamentais da sociedade, a democracia, o interesse público e as garantias e liberdades individuais”, afirmou o delegado em sua rede social.

Ramagem tem se mostrado alinhado com o governo federal. Ele chegou a exaltar a última “motociata” com o presidente da República, Jair Bolsonaro, realizada em São Paulo no dia 12 desse mês, onde apontou o grande número de apoiadores no evento.

Em outra publicação, o delegado da PF também compartilhou uma postagem do presidente, onde o líder do Conselho Federal de Medicina do Brasil classifica a CPI da Pandemia como “tóxica” e antidemocrática.

“Apelo público do Conselho Federal de Medicina para discorrer na CPI sobre a saúde do ser humano, com máximo zelo e melhor da capacidade profissional. Posição e esclarecimentos dos principais legitimados a tratar de Covid, com devido respeito, urbanidade e profissionalismo”, destacou.