Exército apresenta 10 novas viaturas de guerra que aumentam o seu poder de fogo

O 15º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado (15º GAC AP) apresentou oficialmente dez novas viaturas na solenidade interna alusiva ao Dia do Exército Brasileiro, 19 de abril.

No último dia 13, foram entregues as oito primeiras viaturas blindadas de combate obuseiro autopropulsado (VBC OAP) M109 A5 e duas viaturas remuniciadoras M992 adquiridas do governo dos Estados Unidos da América e manutenidas e preparadas para entrega pelo Parque Regional de Manutenção da 5ª Região Militar.

Dentro do projeto Sistema Artilharia de Campanha (SAC), a versão A5 foi adquirida em virtude do maior número de calibres e por possuir o sistema tubo-culatra mais reforçado, o que permite o aumento do alcance e a utilização de munições especiais, como, por exemplo, a M982-Excalibur (granada de artilharia guiada por sistema GPS com alta precisão), aumentando assim a dissuasão, a operacionalidade e o poder de fogo da Artilharia Divisionária da 5ª Divisão de Exército.

Esse tipo de veículo de guerra é um dos mais famosos do mundo e modelos semelhantes já são utilizados em cerca de 30 países. A inclusão de mais obuseiros na artilharia do Exército Brasileiro serve para aumentar o seu poder de fogo, ampliando a capacidade de reação do país em eventuais ameaças externas.

As viaturas de combate foram testadas e certificadas no ano passado, em ação conjunta entre a Artilharia Divisionária da 5ª Divisão de Exército (AD/5), o 15º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado (15º GAC AP) e o Parque Regional de Manutenção da 5ª Região Militar (Pq R Mnt/5). Com informações do Exército Brasileiro.

Batismo de fogo das viaturas M109 A5 marca importante etapa na modernização  da Artilharia de Campanha. - Noticiário do Exército