Guarda municipal ameaça jovens com “tiro de 12” por desobediência ao lockdown

Uma abordagem lamentável realizada por um guarda municipal deu o que falar e causou indignação nas redes sociais nesta quinta-feira, após o agente aparecer em um vídeo, armado, ameaçando jovens que praticavam esporte com um “tiro de 12”.

O episódio aconteceu na quadra de esportes no Parque Marinha do Brasil, em Porto Alegre, e rapidamente chamou atenção dos populares, que ficaram revoltados com a cena de ameaça à vida dos jovens. Ao se aproximar do local, o GM falou:

“Chega, chega, chega. Pode pegar todo o material e se arrancar daí. Se não quiser ir preso ou se não quiser tomar tiro de 12. Tô cansado de vir aqui falar com marmanjo, p*”.

Em nota, a prefeitura de de Porto Alegre lamentou o fato e disse não concordar com a abordagem do guarda municipal. “Por zelar pela nossa relação de transparência, viemos esclarecer que a Guarda Municipal não compactua com a truculência exibida nas imagens”, diz o texto.

Muito embora a prática esportiva não seja permitida por causa do decreto de isolamento local, que busca conter o avanço do coronavírus, a prefeitura reconhece que o modo como o agente se dirigiu aos jovens foi inadequado.

“Diante do ocorrido, serão intensificadas as orientações e instruções ao efetivo da corporação sobre necessidade de cordialidade”, destaca a nota, segundo a Gaucha Zh. O vídeo chegou a ser compartilhado pelo deputado Eduardo Bolsonaro em suas redes sociais. Assista abaixo: