“Se a PF é o seu sonho, continue estudando”, diz delegado sobre concurso suspenso

Milhares de pessoas sonham em passar num concurso da Polícia Federal e se tornar membro de uma das organizações mais prestigiadas do Brasil. Todavia, a pandemia do coronavírus tem prejudicado a realização de vários certames, algo frustrante para muitos quando se deparam com a notícia do concurso suspenso.

Na semana passada, por exemplo, o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, acatou um pedido do Ministério Público do Pará para suspender um concurso da PM que seria realizado no último domingo (14). O motivo foi o risco de contaminação com o Covid-19 em um momento crítico para o estado.

Concurso suspenso pode ser oportunidade

Mas, para o presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Edvandir Paiva, a suspensão de um concurso da PF, da PM ou qualquer outro no país por causa da pandemia, pode ser uma oportunidade para os candidatos se prepararem ainda mais.

“Se a PF é o seu sonho, continue estudando. Continue se preparando para fazer bem o certame seja em qual data for”, aconselha Paiva, que fez uma declaração animadora para quem sonha em passar na prova da Polícia Federal, anunciando a existência de muita demanda na corporação.

“Estamos com cerca de 3 mil cargos vagos na PF, só para delegado, são 400”, disse ele, segundo o Correio Braziliense. Como já publicado na Agentes Federais, pelo menos 1.500 vagas já foram abertas e a expectativa é que outras sejam anunciadas em breve.

Oportunidade: concurso do Exército

Para quem deseja aumentar as suas chances de passar em concurso militar, existe também a oportunidade de entrar para o Exército Brasileiro. O Comando da 4ª Região Militar abriu recentemente inscrições para vagas de profissionais de várias especialidades com salário de R$ 3.825 a R$ 8.245.

Os candidatos que optarem fazer o processo seletivo para atuar no Exército deverão fazer a inscrição pelo site do Comando entre os dias 15 a 23 de março.