“Pedófilos precisam de punições mais rigorosas”, diz sargento da PM que é referência

Conhecida como “Sargento”, a subtenente da Polícia Militar de Curitiba, Tânia Guerreiro (PSL-PR), tem desempenhado um importante papel no Brasil há muitos anos, ao se tornar a primeira agente de polícia especialista no combate e prevenção à pedofilia no país.

Especializada em Metodologia para o Enfrentamento à Violência Contra Crianças e Adolescentes, na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), Tânia foi eleita vereadora para a Câmara de Curitiba nas eleições do ano passado, e mesmo com pouco tempo de atuação na área ela já tem trabalhado muito para colocar em prática os seus projetos.

“Resolvi entrar na política para batalhar por punições mais rigorosas para os pedófilos. Hoje em dia, é muito raro um pedófilo pegar a pena máxima, pois se ele tem bons antecedentes, não é bandido e tem endereço fixo, logo sai por bom comportamento”, afirmou a PM durante entrevista para o Pleno News.

Com apenas dois meses de atuação na Câmara, a sargento tem lutado para aprovar suas propostas de enfrentamento ao abuso infantil. “Já temos Projetos de Lei protocolados, desde o cadastramento de pedófilos condenados até a criação de um espaço exclusivo para mulheres, em horários de pico, nos ônibus da cidade de Curitiba”, disse ela.

PM defende punição rigorosa

Para a sargento Tânia, que já deu palestras até no Canadá e na Hungria, o combate à pedofilia precisa ser lembrado diariamente e não apenas em dias ou meses específicos do ano, visto que este é um problema diário. Além disso, ela defende a implementação de punições mais rígidas para os pedófilos.

“Primeiro, não podemos lembrar dessa luta apenas no Maio Laranja. A pedofilia acontece 365 dias por ano, 24 horas por dia. Precisamos de uma sociedade inteira atenta aos riscos e cuidadosa em relação a eles. Depois, punições mais rigorosas para os pedófilos”, disse ela.

“A defesa da criança e do adolescente é a principal bandeira da minha história. O combate à pedofilia faz parte da minha luta. Tenho muitas ideias de proteção à criança, mas também a nós, mulheres! Desde de que entrei na câmara, nosso gabinete está a todo vapor!”, conclui a PM.