Uma visita de ladrões em seu apartamento ou casa pode custar muito caro. Os ladrões não só podem roubar itens valiosos, mas também causar muitos danos, por exemplo, danos aos seus pertences e até mesmo aos elementos de acabamento interior.

É importante lembrar que estamos falando de roubo, o que é diferente de assalto. O roubo acontece na surdina, sem que você esteja presente. Ou seja, não há confronto com os ladrões. Neste sentido, é menos pior ser roubado do que assaltado, visto que no assalto a sua vida também é posta em risco.

No caso do roubo, o custo de reparar os estragos que podem ser feitos pelos ladrões é de uma despesa considerável, então cada vez mais pessoas procuram informações sobre como se proteger contra roubos. Leia nosso guia e veja o que fazer para evitar ser vítima de ladrões!

Neste artigo você aprenderá:

  1. Medidas de segurança anti-roubo que valem a pena usar em casa
  2. Pense em seguro
  3. Roubo residencial – como é o acordo de sinistro com a seguradora?
  4. Arrombamento com roubo versus arrombamento sem furto – por que isso é importante para a seguradora?

MEDIDAS DE SEGURANÇA ANTI-ROUBO QUE VALEM A PENA USAR EM CASA

Para proteger a sua casa ou apartamento contra assaltantes, vale a pena considerar na fase de aquisição da marcenaria. No mercado você encontrará portas e janelas com sistemas anti-roubo.

Não é fácil cruzá-los, portanto, pode efetivamente desencorajar um ladrão amador. Também é uma boa ideia instalar cortinas externas. Esta solução protege muito bem o vidro e também dificulta a entrada de um ladrão em sua residência.

Antes de decidir comprar marcenaria, verifique a classe de resistência a roubo. É definido com base na norma PN-EN 1627:2012, que distingue seis classes, tendo em consideração os parâmetros técnicos da carpintaria, bem como os requisitos de envidraçamento e acessórios.

Quanto mais alta a classe, mais alto é o nível de proteção anti-roubo. Portanto, é melhor escolher marcenaria com uma categoria de resistência de pelo menos RC 4. As janelas e portas dessa classe protegem contra tentativas planejadas de invasão durante as quais o ladrão usa ferramentas adicionais.

A instalação de um alarme também pode evitar uma tentativa de roubo. Esse sistema é ativado quando um código especial não é inserido após a entrada na residência. O barulho alto pode assustar o ladrão e também atrair a atenção dos vizinhos.

Muitos sistemas modernos funcionam em conjunto com um aplicativo que pode ser instalado em um smartphone. Graças a isso, você receberá uma notificação de invasão imediatamente após o alarme disparar.

Se você guarda muitos itens valiosos em seu apartamento ou casa, o monitoramento pode ser uma boa solução. Alguns sistemas fornecem acesso à imagem da câmera usando aplicativos especiais. Graças a isso, você pode verificar facilmente se pessoas não convidadas entraram no apartamento.

PENSE EM SEGURO

Mesmo os melhores sistemas anti-roubo não garantem que você não será vítima de ladrões. O roubo de casas ainda é uma das causas mais comuns de reclamações de seguros de casas. Por isso, para garantir um apartamento, vale a pena considerar a compra de uma apólice que cubra furto com furto.

Você pode obter essa proteção estendendo seguro residencial para seus equipamentos. Lembre-se de que o seguro habitacional padrão protege os elementos fixos e às vezes também os acabamentos. Por outro lado, o mobiliário doméstico, extrapolando o âmbito da política básica,inclui os elementos fixos e os bens móveis localizados na propriedade.

Uma apólice habitacional com extensão para mobiliar um apartamento permite obter indenização por furto com furto ou vidros quebrados cometidos por ladrões. Também será útil quando se trata de eventos aleatórios, como inundação ou incêndio. Se você se preocupa com proteção integral, invista em assistência domiciliar.

De acordo com essa apólice, a seguradora irá fornecer supervisão sobre o apartamento após o dano, bem como cobrir os custos de transporte e acomodação no hotel, caso você não possa ficar lá em decorrência da devastação do apartamento.

ROUBO RESIDENCIAL – COMO É O ACORDO DE SINISTRO COM A SEGURADORA?

Sua residência foi roubada por ladrões? Chame a polícia primeiro. Os policiais farão uma inspeção visual no local e protegerão todos os rastros da invasão. Eles também farão uma nota que será útil durante a liquidação do crédito.

Se você tiver seguro contra roubo, deve informar a empresa logo após o assalto ao evento. Quanto tempo você tem para isso depende do que você encontra nos termos e condições do seguro. Você pode relatar os danos por telefone, pela Internet ou diretamente nas instalações.

A seguradora solicitará que você forneça os documentos necessários e marcará uma entrevista com o avaliador. Com base nisso, será apurado o valor dos danos, tanto os decorrentes de furto quanto de destruição do apartamento. A compensação que você receberá dependerá de vários fatores, incluindo:

  • Somas seguradas,
  • Valor de itens roubados por ladrões,
  • Custos relativos à reparação de danos no apartamento

ARROMBAMENTO COM ROUBO VERSUS ARROMBAMENTO SEM FURTO – POR QUE ISSO É IMPORTANTE PARA A SEGURADORA?

Determinar se houve uma invasão ou não é muito importante para saber se você receberá uma compensação de sua apólice. Um ladrão pode entrar em uma residência de várias maneiras, por exemplo, quebrando uma vidraça, quebrando uma porta ou abrindo-a com uma chave original ou falsa.

Nos termos e condições gerais do seguro, as seguradoras indicam o que é uma invasão e que tipo de dano você será indenizado.

No entanto, geralmente é assumido que uma invasão ocorre quando um ladrão invade um apartamento fechado usando força ou ferramentas especiais.

Uma situação mais ambígua é quando um ladrão entra em um apartamento por uma janela inclinada ou usa uma chave (roubando sem roubo). Se o assaltante não deixar vestígios da invasão, a seguradora pode recusar-se a pagar-lhe uma indenização.

Além disso, lembre-se de prestar atenção ao escopo da cobertura. Se você tiver uma apólice que cobre arrombamento e roubo, você será indenizado pelos danos que o ladrão fez e pelos itens que ele roubou. E se houver uma invasão sem roubo? A seguradora pagará indenização apenas pela devastação da residência.